Gianluca

Morar Mais por Menos,

Rio de Janeiro.

Como a volumetria do restaurante é de linhas retas e simples, escolhemos o preto para demarcá-la. 

Cliente

RESTAURANTE GIANLUCA

Esse projeto marca o nascimento da Cerejeira; foi nossa primeira Mostra de Arquitetura e contamos com a co-fundadora e designer Alejandra Kahn, que foi essencial para esse projeto. Antes do projeto e da obra, só existia o espaço externo e não havia edificação. Tudo foi construído para comportar o Gianluca Café, que operou o espaço durante o evento. A Mostra aconteceu na sede da Obra Social Pequena Cruzada, na Lagoa em 2009.

Como a volumetria do restaurante é de linhas retas e simples, escolhemos o preto para demarcá-la. A marcenaria recebe réguas de eucalipto reflorestado nos painéis de revestimento e balcão. Optamos por fechamentos de vidro e por chapas metálicas perfuradas que enquadram a jardineira principal da fachada do restaurante. Essa jardineira recebe três pitangueiras e, ao seu lado, há uma das peças do designer Ricardo Graham, o banco Restô.

Recebemos o apoio de parceiros que foram muito importantes para a realização do projeto e obra. Agradecemos à Logaf pela marcenaria, à Don Artesano pelas superfícies de SolidSurface, à Led Point pelas lâmpadas de led, à Nossa Casa Iluminação pelas luminárias, à Light Floor pelo revestimento do piso, à Palmetal pelas mesas e cadeiras, à Docol pelos metais e à La FargeGypsum pelas placas de gesso acústicas. Nosso agradecimento especial ao arquiteto Fabiano Vitória, que liderou a execução da obra e nos ajudou com a mão de obra, e ao Bazar São Vicente, que nos forneceu os materiais de construção. 

Data

2010

Autoria

Tati Gonçalves e Alejandra Kahn

Contato

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon